Blog Section

Comer frutas e legumes todos os dias ajuda a ser mais feliz, diz estudo

comer-frutas-e-legumes-todos-os-dias-ajuda-a-ser-mais-feliz-diz-estudo
Brasília - Comer dez porções de frutas e legumes todos os dias ajuda a melhorar a saúde física e mental e aumenta o sentimento de felicidade, segundo estudo divulgado nesta quarta-feira (22/10) pela Universidade de Queensland, na Austrália.
O cientista Redzo Mujcic disse à estação local ABC que seu trabalho comparou as escolhas feitas por cerca de 12 mil pessoas no consumo de frutas e verduras com os níveis de satisfação, estresse, vitalidade e outros indicadores da saúde mental.
“Comer umas cinco frutas e legumes (por dia) faz a pessoa mais feliz”, comentou Mujdical ao referir-se aos pontos analisados.
Além disso, o estudo mostra que os efeitos positivos da maior quantidade de frutas e legumes na alimentação são mais fortes nas mulheres, embora se desconheçam as razões para essa influência.
Mujdic considerou que se a saúde mental está realmente ligada à ingestão e frutas e legumes, os responsáveis pelo desenvolvimento das políticas governamentais deveriam promover maior consumo desses alimentos. (Agência Brasil)

Fonte: A Redação

LEIA MAIS

Maçã por quê?


Post maçã Bapi - imagem 1

 

Todas as frutas tem propriedades nutricionais que nos beneficiam de alguma forma. Hoje em especial vamos falar de quanto a maçã pode ajudar nossa saúde no dia a dia.  A nutricionista Paula Nonato Maia – CRN/1 3659 destacou alguns benefícios importantes dessa fruta tão gostosa e tão fácil de encontrar em feiras e supermercados o ano todo.

Post maçã Bapi - Imagem 2

É rica em FLAVONÓIDES como o ácido elágico e a quercetina que favorecem a proteção vascular e tonificam as artérias evitando a má circulação e a deposição de placas de gordura.

Também é rica em PECTINA, fibra solúvel que forma um gel no nosso estômago, lentificando a absorção de carboidratos e gorduras, sendo interessante para que os níveis de açúcar se mantenham estáveis por mais tempo.

Quanto mais estável ficar a glicose, melhores são as chances de haver um bom raciocínio, memória e cognição.

A maçã também se destaca pelo seu alto valor em vitaminas do complexo B, C e E, potássio e fibras, e tem valor calórico de aproximadamente 58 calorias a cada 100g.

Portanto, se ver uma maçã na sua frente, não pense duas vezes antes de deliciá-la!

 

LEIA MAIS

Refrigerantes X Sucos Industrializados X Sucos naturais da fruta


Sucos Bapi - imagem 1

 É de sabedoria popular que os refrigerantes não fazem bem à saúde, mas e sobre os sucos industrializados? E os sucos naturais?

Para ajudar nessas dúvidas, a nutricionista Paula Nonato Maia – CRN/1 3659 preparou um esqueminha de fácil entendimento, logo abaixo.

Sucos Bapi - Imagem 2

 REFRIGERANTES: Somente tem pontos negativos.

  • Excesso de açúcar adicionado;
  • Aumenta o risco de obesidade e diabetes tipo 2;
  • Presença de cafeína, corantes e conservantes;
  • Aumentam a excreção de nutrientes como cálcio, magnésio e zinco que são  importantes para o organismo;
  • Rico em ácido fosfórico, enfraquece ossos e dentes;
  • Provoca retenção hídrica e compromete o trato gastrointestinal;
  • As versões light, contêm adoçantes artificiais e sódio que não trazem benefícios ao corpo e podem alterar a pressão arterial;
  • Valor nutricional praticamente nulo.

SUCOS INDUSTRIALIZADOS: São uma opção melhor que os refrigentes, porém também possuem malefícios graves o suficiente para qualquer eventual benefício ser considerado neste comparativo.

  • Excesso de açúcar adicionado;
  • Aumenta o risco de obesidade e diabetes tipo 2;
  • Presença de conservantes, corantes, aromatizantes e muitas outras substâncias artificiais;
  • Não substitui a água para hidratação;
  • Reduz ou anula qualquer propriedade das frutas.

SUCOS NATURAIS: O suco retirado da fruta traz muitos benefícios à saúde, olha só!

  • Rico em vitaminas, antioxidantes, minerais e fibras, aproveitando praticamente todas as propriedades nutricionais da fruta (dependendo do modo de preparo);
  • Zero conservantes e substâncias desconhecidas;
  • Aroma e coloração natural da fruta;
  • Açúcar natural da fruta (frutose – no caso de não ser acrescentado açúcar no preparo);
  • Elimina toxinas do organismo;
  • Melhora desempenho físico e cardiovascular;
  • Hidrata.

Depois de saber tantos benefícios, que tal um suco do Bapi hoje?

Sucos Bapi - Imagem 3Sucos Bapi - Imagem 4 Assinatura-Dra.-Paula

LEIA MAIS

Luz engarrafada

Capa

           Em 2002, durante o frequente período de apagões que o houve no Brasil o mecânico Alfredo Moser da cidade mineira de Uberaba, que fica a 475 km da capital Belo Horizonte, teve o seu próprio momento de ‘eureka’ quando encontrou a solução para iluminar a própria casa num dia de corte de energia. Para isso utilizou apenas garrafas plásticas pet com água e uma pequena quantidade de cloro e fez-se luz!

             A invenção funciona pela refração da luz do sol na garrafa de dois litros cheia de água. É necessário adicionar duas tampas de cloro na água para evitar que ela se torne verde (por causa da proliferação de algas). Quanto mais limpa, melhor.

                O processo de instalação também é simples, mas exige cuidado. A garrafa deve ficar uma parte para fora e outra para dentro do ambiente, de modo que a parte que fica de fora capte a luz do sol durante o dia e que a que fica de dentro ilumine a parte interna do cômodo. É preciso fazer um buraco na telha e encaixar a garrafa de cima para baixo já cheia. Um detalhe importante é prender as garrafas com cola de resina. Prendendo bem e cobrindo todos os espaços vazios com a cola evita vazamentos mesmo com chuva. Outro detalhe é que a lâmpada funciona melhor se a tampa for encapada com fita preta.

Imagem Luz engarrafada 1

            O sonho de Moser é que uma empresa se interesse pela sua invenção e possa investir em tecnologia para que ela tenha um formato mais decorativo, ilumine mais e também à noite. É que a lâmpada inventada por ele depende da luz do sol, funcionando somente durante o dia. “Eu já sei como fazer ela clarear à noite, mas preciso de apoio financeiro.” Diz Moser.

               Ele afirma já ter procurado políticos das esferas municipal, estadual e federal, mas ainda não conseguiu apoio para registrar o seu invento nos órgãos competentes. “O governo deveria ter um órgão de acesso fácil pelos inventores para patentear seus produtos, até porque cada invento movimenta diversos segmentos da economia”, observa. Moser mostra uma lista de vários locais que já o instruíram a procurar, mas ele não possui recursos financeiros para cobrir os gastos com viagens. “Se gasta muito dinheiro para ir ao espaço, por exemplo, e coisas simples assim dificilmente têm respaldo”, lamenta.

                Com essa invenção Alfredo Moser poderia ser considerado um Thomas Edison da atualidade. Nos últimos dois anos sua ideia já alcançou diversas partes do mundo e deve atingir a marca de 1 milhão de casas utilizando a ‘luz engarrafada’. Nas Filipinas, por exemplo, onde um quarto da população vive abaixo da linha da pobreza (de acordo com a ONU, com menos de US$ 1 por dia) e a eletricidade é muito cara, a ideia deu tão certo, que as lâmpadas de Moser foram instaladas em 140 mil casas. A invenção chegou também a outros 15 países, dentre eles Índia, Bangladesh, Tanzânia, Argentina e Fiji. “Isso é o que me deixa emocionado. Ver a alegria de pessoas que vivem na pobreza terem luz em casa sem custo nenhum”, diz Moser.

              A luz engarrafada representa uma revolução, pois é limpa, eficiente e sem custo. Ele se emociona ao dizer que deixará um legado importante para a humanidade, pois esta será a luz do futuro, já que daqui a milhões de anos a água vai acabar, assim como a energia produzida por hidrelétricas como é feito hoje, e a “lâmpada de Moser” ilumina com energia solar. Seu projeto ganhou projeção nacional com a aprovação de engenheiros de centrais elétricas. Além de reaproveitar as garrafas pet e não utilizar energia, as lâmpadas sustentáveis também não emitem CO2 enquanto funcionam, ao contrário das lâmpadas convencionais. Um engenheiro que mediu a intensidade da luz afirmou que depende de quão forte é o sol, mas é entre 40 e 60 watts.

               A ideia surgiu ao lembrar de quando trabalhava em Brasília, na década de 70. Como as quedas de aviões eram constantes, ele se preocupou em criar formas de sinalizar a ocorrência de acidentes. Seu chefe na época disse que se fosse necessário bastaria usar uma garrafa de vidro com água que refletiria o sol e pegaria fogo no capim. A fumaça sinalizaria. Ele guardou esse ensinamento sempre pensando em aperfeiçoá-lo, mas sem o uso de vidro. Por isso optou pela garrafa pet. Então durante o período de apagões em 2002 Moser e seus amigos começaram a imaginar como fariam um sinal de alarme, no caso de uma emergência, caso não tivessem fósforos. Ele se lembrou do que aprendeu em Brasília e começou a experimentar encher garrafas para fazer pequenos círculos de luz refletida. Não demorou muito para que ele tivesse a brilhante ideia da lâmpada sustentável.

Imagem Luz engarrafada 2

Fontes de pesquisa:

www.estadao.com.br/noticias/impresso,luz-engarrafada-sai-de-minas-e-conquista-pelo-menos-15-paises–,1067570,0.htm

www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/08/130813_lampada_garrafa_gm.shtml

LEIA MAIS

Preservação do meio ambiente em 4 passos

Capa

O surgimento de iniciativas que buscam cuidar da natureza é uma resposta a uma série de problemas existentes no mundo: desmatamento de florestas e matas atlânticas, poluição das cidades, do ar e de recursos hídricos como rios, lagos, lagoas e oceanos, além de atividades como a caça e a pesca predatória. Para reduzir os danos causados pelos crimes ao meio ambiente, organizamos 4 passos simples para que cada um possa fazer a sua parte e adquirir hábitos sustentáveis simples e eficientes no dia-a-dia.

1. O primeiro passo é realizar a separação correta do lixo orgânico e reciclável, como latas de alumínio, papéis e metais para tornar possível o reaproveitamento desses materiais. Também é possível agilizar o processo reaproveitando o lixo em casa mesmo, como a transformação do papel usado em reciclado, ou utilizar materiais orgânicos, como restos de alimentos e bagaços, para fazer adubo em jardins e hortas caseiras, fazer essas hortas caseiras com garrafas pet, entre outras formas. Assim pode economizar e ainda diminuir a quantidade de lixo a ser descartado.

Separação-do-lixo

2. Evitar o desperdício de água. Diariamente gastamos água à tôa sem perceber. Gestos simples como desligar a torneira ao escovar os dentes, lavar pratos ou se barbear; fechar a válvula do chuveiro enquanto se ensaboa ou passa shampoo no cabelo; lavar o carro ou a calçada com balde ou regador em vez de usar a mangueira por exemplo. É bacana também sempre que possível reaproveitar a água que sobra da lavagem de roupas para regar as plantas ou jogar água na casa.

Não-Desperdisse-Água

3. Evitar o desperdício de energia. Em casa ou no trabalho, procure trocar as lâmpadas comuns pelas fluorescentes, que duram 10 vezes mais gastam dois terços menos de energia. Ainda, as lâmpadas fluorescentes podem ser recicladas após o uso. Outra atitude simples é tirar aparelhos eletrônicos da tomada. Deixá-los e stand by aparentemente utiliza uma quantidade de energia irrisória, porém quando analisamos o gasto em períodos maiores de tempo, como em 1 ano por exemplo, percebemos que poderia ser um gasto evitado. Além de serem ações sustentáveis, também contribuem para reduzir a conta de energia no fim do mês.

Lâmpada-Fluorecente

4. Diminuir o uso de meios de transporte poluentes. Procure realizar caronas solidárias ou investir em meios de transportes menos poluentes. Andar de bicicleta ou a pé, por exemplo, diminui o nível de emissão de gases nocivos à atmosfera e são ótimos exercícios físicos.

Andar-de-Bicicleta

 Fonte: http://www.atitudessustentaveis.com.br

LEIA MAIS

Como fazer sua horta vertical sustentável

Capa

Apesar da crescente necessidade de preservar o meio ambiente e de reciclar, temos grande dificuldade na reciclagem das garrafas PET, que não desperta muito interesse da maioria dos recicladores devido ao seu baixo valor. Solta no lixo ou no meio ambiente, grande número das garrafas PT vão parar nos bueiros, rios e ficam anos e anos para se decompor, contaminando o meio ambiente e atrapalhando a preservação do nosso planeta.

Uma excelente dica para reciclar garrafas PET é utilizá-las para produzir uma horta vertical; fácil de fazer e pode nos dar de retorno bons frutos e uma economia na feira. A horta vertical feita de garrafa PET livra o meio ambiente de inúmeras garrafas PET jogadas e pode nos favorecer com verduras, hortaliças, flores a até frutas frescas e colhidas no quintal de casa ou em apartamentos.

Para fazer uma horta vertical com garrafa pet, você deve ter uma parede livre, que receba luz solar na maior parte do dia, algumas garrafas PET vazias, barbante grosso e arruelas(opcional).

ldl4821

 Após definir o local em que fará sua horta vertical, você vai cortar as garrafas PET como mostra a imagem abaixo de Rosenbaum e seguir as orientações da imagem:

rosembaum-01-490x358

Dois fios, que passam pelas extremidades das garrafas, as mantêm presas. Por isso, as arruelas são utilizadas. Quem optar pelo uso dos arames deve colocar as arruelas logo abaixo das garrafas, para servirem como “calço”, para que elas não escorreguem. O barbante e a corda de varal não precisam disso. Nesses casos, basta dar um nó na altura em que a garrafa deverá ficar.

rosembaum-021-490x358

Em seguida, você vai colocar na garrafa PET a terra preparada para o plantio, que já vem adubada e com os componentes necessários para que a planta germine e cresça, e depois plantará as sementes que desejar, que pode ser de flores, de verduras como alface, rúcula, almeirão, escarola ou chicória, salsa e cebolinha, etc…

Você poderá plantar também na sua horta vertical ervas em geral e morangos, que fica lindo plantado em horta vertical com garrafas pet, podendo colher frutos deliciosos e sem agrotóxicos.

Para plantar siga as instruções da embalagem, caso decida por sementes. As mudas podem ser colocadas na terra, regadas duas vezes ao dia, na manhã e a tarde, quando não houver sol e esperar a época da colheita.

Se preferir pode também pintar ou enfeitar as garrafas para dar uma carinha divertida para sua horta.

horta

Fontes:

http://www.rosenbaum.com.br/

http://www.ciclovivo.com.br

http://www.essaseoutras.xpg.com.br

 

LEIA MAIS

BICICLETA: Evite Lesões e incômodos mais comuns

Bapi-bicicleta-1

Postura correta, equipamentos e acessórios evitam lesões.

Bapi-bicicleta-2

Pedalar parece muito simples para aqueles que andam de bicicleta desde criança. Basta pegar sua magrela e passear por aí, seja com um grupo de ciclismo ou sozinho pelas ruas e ciclovias. Certo? Errado. Inúmeros aventureiros da bike sofrem com lesões e incômodos dos mais diversos tipos, cujas causas variam desde as quedas, o uso inadequado dos equipamentos até a má postura e acidentes sérios.

“Em ciclistas é comum observarmos problemas nas rótulas e tendinites nos joelhos e no tendão de aquiles. Muitos relatam dores no pescoço, na lombar, e ao redor dos ombros na região dos músculos do trapézio”, de acordo com o ortopedista Fabio Ravaglia.

O empresário Raphael Pazos pratica triathlon, modalidade que envolve natação, ciclismo e corrida, há seis anos. Apesar de não utilizar o esporte como profissão, ele leva os treinos e competições bastante a sério, mas já teve problemas de saúde por conta do esporte. “Em uma queda, acabei machucando o ombro. A ferida não cicatrizava, mas não dei muita importância na hora. Tempos depois, descobri um câncer de pele, relacionado à exposição ao sol e a falta de cuidado que tive com esse machucado”. Uma boa dica que o esportista dá para aqueles que encaram competições ou longos percursos é não utilizar equipamentos diferentes daqueles utilizados nos treinos: “não invente de usar uma bermuda nova, que pode lhe causar machucados. Também é bom evitar comer durante a prova um lanche que você nunca ingeriu antes, por exemplo”. Outro ponto importante é ter cuidado com a lombar, preocupando-se em fortalecê-la com exercícios de musculação.

 Previna assaduras

As assaduras são também um problema frequente, porém fácil de serem resolvidas. O posicionamento correto do selim (assento) é fundamental, pois se ele estiver muito alto (em relação ao pedal) vai exigir maior movimentação das pernas e aumentar o atrito, favorecendo a irritação da pele. Além disso, o mais indicado é que o selim esteja em posição reta ou levemente abaixada. Os selins com amortecedor e com uma abertura central ajudam a evitar as assaduras. E vale usar bermudas de ciclismo que mantêm a pele livre de umidade.

Mantenha a pose

A postura é fundamental para evitar dores e até lesões a longo prazo. “O guidão deve estar em uma altura que permita que você mantenha as costas eretas e os braços relaxados, mas não muito próximos ao corpo para não sobrecarregar as articulações”, explica Fabio Ravaglia.

Há um truque simples para saber a altura correta do assento: “fique em pé do lado da bicicleta – o assento deverá estar na altura do seu quadril”, diz Fabio. É importante manter a cabeça alinhada, além de coluna e pescoços relaxados. “Relaxe também as mãos, os cotovelos e os ombros. Mantenha o joelho em uma altura inferior às mãos durante as pedaladas”, diz o ortopedista.

Bapi-bicicleta-3

Cuide da lombar

“Fique em pé do lado da bicicleta – o assento deverá estar na altura do seu quadril.”

As dores lombares são uma reclamação frequente e costuma também ser decorrente da má postura do ciclista sobre a bike. “Fortalecer o abdômen é um truque importante para a sustentação do corpo do ciclista sobre a bike e evitar as dores”. Na academia ou em casa, capriche nos exercícios de musculação e abdominais para fortalecer o “core” ou cinturão de força, que é a região muscular que envolve essa região da coluna vertebral. É fundamental fazer alongamentos antes e depois de pedalar. E para quem está começando, vale pedalar por um período de tempo que não cause dores nas costas e ir aumentando o tempo gradativamente.

Proteja os joelhos

Outro cuidado é que pedalar de maneira incorreta ou a sobrecarga pode causar tendinite nos joelhos ou problemas nas rótulas. “Manter o pedal muito frouxo contribui para esses problemas, além de aumentar as chances de estiramento no tornozelo”, diz Fabio. No entanto, também é importante não jogar o peso do corpo todo sobre os membros superiores. Outra dica importante é não movimentar o quadril para os lados, como se estivesse rebolando, evitando problemas na articulação dos quadris.

Não é só gente grande que deve se proteger contra lesões e acidentes. Os pequenos também. Um estudo realizado pela Faculdade de Odontologia da Unicamp, em Piracicaba, acompanhou 757 pacientes e concluiu que, nos casos de fratura facial, 98% das crianças não usavam acessórios de segurança ao andar de bicicleta, como o capacete.

Os meninos eram os maiores atingidos: 70% dos casos. Ou seja, vale lembrar aos pais que, mesmo na hora da brincadeira, é importante o uso, pelo menos, do capacete, que evita quase que por completo as lesões em casos de quedas e batidas leves.

Bapi-bicicleta-4

 

POR ANA MARIA MADEIRA – http://www.minhavida.com.br/fitness/materias/11923-bicicleta-evite-as-lesoes-e-incomodos-mais-comuns

 

 

LEIA MAIS

Você sabe fazer coleta seletiva?

Coleta seletiva

 Coleta seletiva é uma das formas mais simples de ajudar o planeta, porém é comum ter dúvidas quanto ao o que é reciclável e o que não é e como fazer essa separação. Por isso pesquisamos e organizamos uma série de informações para ajudar e facilitar sua coleta:

COMO SEPARAR?

Em Goiânia a coleta seletiva é feita de forma unificada, ou seja, todo o material reciclável é transportado junto e somente é separado em papel, plástico, vidro e metal quando chega no destino final. Portanto o lixo reciclável pode ser alojado no mesmo recipiente, separado dos orgânicos e não recicláveis.

O caminhão de coleta seletiva recolhe o lixo em horários diferentes do caminhão de coleta de lixo comum e pode ser identificado por aviso sonoro. Informe-se dos horários no seu bairro pelo site http://www.goiania.go.gov.br/download/coletaseletiva/circuitos_coleta_seletiva.pdf

Na hora de descartar seu lixo, separe e limpe tudo o que pode ser reciclado, como papel, vidro, plástico e metal. Coloque tudo num mesmo recipiente. Proteja itens que possam ferir no contato, como cacos de vidro, latas abertas com abridor, etc.

RECICLÁVEIS E NÃO RECICLÁVEIS

Você-sabe-fazer-coleta-seletiva

PAPÉIS QUE PODEM SER RECICLADOS

Papéis de escrever, como cadernos, papéis de escritório em geral, fotocópias, cartões;

Papéis de impressão, como jornais, revistas, correspondências, envelopes;

Papéis de embalagem, como papéis de embrulho em geral, papel de seda, sacolas e sacos de papel, embalagem longa vida;

Papelão, cartolinas, embalagem de ovo;

Papéis especiais, como papel kraft, papel heliográfico, papel filtrante, papel de desenho;

Papel toalha não engordurado.

PAPÉIS QUE NÃO PODEM SER RECICLADOS

Papel vegetal, papel celofane, papel carbono ou papel de fax;

Papéis encerados ou impregnados com substâncias impermeáveis, fotografias;

Papéis revestidos com algum tipo de parafina, silicone ou plastificados;

Papéis sanitários ou guardanapos usados;

Papéis sujos, engordurados ou contaminados com alguma substância nociva à saúde;

Fitas adesivas e etiquetas adesivas;

Papéis ou embalagens metalizadas.

PLÁSTICOS QUE PODEM SER RECICLADOS

Todos os tipos de embalagens de produtos alimentícios, de beleza e de limpeza que sejam plásticos;

Tampas plásticas de recipientes de outros materiais;

Utensílios plásticos usados, como canetas esferográficas, escovas de dentes, baldes, artigos de cozinha, etc;

Tudos e cabos de PVC;

Sacos e sacolas plásticas;

Brinquedos de plástico e Cd’s;

Copos e vasilhas plásticas.

PLÁSTICOS QUE NÃO PODEM SER RECICLADOS

Plásticos termofixos, que são usados na indústria eletro-eletrônica e na produção de computadores, telefones, eletrodomésticos e eletroeletrônicos;

Embalagens plásticas metalizadas,  como de alguns salgadinhos ou biscoitos;

Isopor, tomadas, adesivos, espumas, celofanes;

Cabos de panelas, plástico siliconado;

Fralda descartável;

Embalagem a vácuo;

Embalagem engordurada;

Roupas de nylon e poliéster.

VIDROS QUE PODEM SER RECICLADOS

Frascos domésticos de vidro em geral, como de molhos, condimentos, produtos alimentícios, remédios, perfumes, produtos de limpeza ou de beleza;

Copos, jarras, garrafas de vidro em geral;

Vidro colorido ou transparente;

Cacos de qualquer dos produtos acima.

VIDROS QUE NÃO PODEM SER RECICLADOS

Espelhos, vidros de janelas, de automóveis, temperados, pirex ou qualquer outro vidro que tenha passado por algum processo químico;

Lâmpadas, tubos de televisão e válvulas;

Ampolas de medicamentos caracterizados como lixo hospitalar;

Cristal, porcelana e cerâmica.

METAIS QUE PODEM SER RECICLADOS

Latas de bebidas, alimentos, produtos de limpeza, embalagens de marmitex;

Bacias, baldes, copos, panelas sem cabo, tabuleiros de metal;

Grampos, chapas, pregos, parafusos, arames;

Fios elétricos;

Objetos de alumínio, ferro, cobre e aço.

METAIS QUE NÃO PODEM SER RECICLADOS

Esponjas de aço;

Embalagens de congelados;

Clips;

Latas de tintas;

Pilhas, baterias

PILHAS e BATERIAS não devem ser misturadas ao lixo comum. Para isso existem espalhados pela cidade os PEVs (Pontos de Entrega Voluntária), e neles um compartimento exclusivo para esse descarte.

PEV

 Fontes: http://www.goiania.go.gov.br/shtml/coletaseletiva/principal.shtml

http://universojatoba.com.br/o-que-pode-ou-nao-ser-reciclado/

http://www.ecodesenvolvimento.org/voceecod/saiba-o-que-pode-e-o-que-nao-pode-ser-reciclado

http://www.maoparaofuturo.org.br/coleta-seletiva/o-que-pode-ser-reciclado/

http://blog.giselebundchen.com.br/planeta/coleta-seletiva/

LEIA MAIS

DICA DE MASTIGAÇÃO

Dicas-de-nutrição

Procure comer sempre devagar, mastigando bem os alimentos, saboreando-os e não simplesmente “engolindo-os”. Deleite-se com cada “garfadinha” e sinta bem o gosto de cada alimento!

Lembre-se: a digestão começa na boca e o estômago não tem dentes, por isso quanto mais mastigamos, melhor aproveitamos os nutrientes de cada refeição. E tem mais: enquanto mastigamos, estimulamos as papilas gustativas, que por sua vez, enviam uma mensagem de saciedade para o cérebro, assim, uma quantidade menor de alimentos pode ser suficiente para satisfazer o apetite.

fome-e-saciedade

Rodapé-nutricionista

LEIA MAIS

Super tomates!

Super-Tomates---Bapi (1)

O tomate além de delicioso é um fruto rico em licopeno, que é a substância que dá o tom avermelhado e traz muitos benefícios ao organismo. É um antioxidante poderoso que quando absorvido pelo corpo ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres. Estudos comprovam que o licopeno ajuda na prevenção do câncer, sobretudo para os homens contra o câncer de próstata.

Para aumentar seu poder de absorção e ser mais bem aproveitado pelo organismo é bacana adicionar um fio de azeite extra virgem no tomate e consumi-los cozidos.

Além do “superpoderoso” licopeno, os tomates também são fonte de vitamina C e potássio, que ajudam no controle da pressão arterial, nas contrações musculares e na manutenção dos líquidos celulares.

Os produtos industrializados que usam o tomate como matéria prima, como catchup, molhos prontos entre outros não destroem o licopeno e suas propriedades, mas de qualquer forma é bom estar atento aos rótulos para garantir escolhas com menos teores calóricos e de sódio.

O tomate é refrescante, tonificante, antioxidante, ajuda na circulação sanguínea, alivia queimaduras do sol e a sensação de pimenta forte da boca. Ou seja, é tudo de bom!

 Coloque mais tomate na sua vida!

tomate-estufa-portal-agropecuario (1)

Preparamos para você uma receitinha fácil de Canapés de tomate!

CANAPÉS DE TOMATE

Ingredientes (4 pessoas):

3 tomates grandes

1 lata de atum ao natural

2 ovos cozidos

½ xícara de chá de azeitonas pretas

1 xícara de chá de iogurte natural magro

6 tostas integrais

Orégano a gosto

Azeite extra virgem

Preparação:

Passo 1: Reduza a creme, na trituradora, o atum escorrido, os ovos cozidos, as azeitonas descaroçadas, as tostas e o iogurte.

Passo 2: Corte os tomates ao meio.

Passo 3: Retire a polpa e as sementes dos tomates.

Passo 4: Recheie as metades de tomates com o creme pronto, adicione um fio de azeite em cada e orégano a gosto.

tomato canapes (1)

As fontes de pesquisa foram: wikipedia, belezaesaude.com, semprenamoda.com.pt, minhavida.com.br

LEIA MAIS